Pode ler-se na introdução do Roteiro Ecovias de Portugal, sobre a Ecovia 1

Você é daqueles que têm muita prática a andar de bicicleta e uma boa forma física. Gosta de fazer muitos quilómetros em autonomia e isolamento. 110 km/dia a pedalar por caminhos e trilhos não o assustam e assim consegue aproveitar aquele feriado junto ao fim-de-semana que lhe dá 3 dias seguidos de liberdade.

O desafio passa por ligar Lisboa a Badajoz em BTT, aproveitando o feriado de 30 de Março, Sexta-feira Santa, para uma Páscoa diferente. Impunha-se a questão: “como vai ser?”.

Aceite o desafio, há que estudar a questão das deslocações de/para o ponto de partida/chegada: esta é sempre uma questão sensível em percursos não circulares.

Porque em Portugal ainda há muito a fazer para tornar o comboio amigo das bicicletas, por entre muitas dúvidas e incertezas ficou definido que:

  1. faremos o percurso no sentido Badajoz – Lisboa, para maximizar as opções de transporte à chegada (wikiloc);
  2. chegaremos a Badajoz a 30 de Março, de comboio, com origem na estação de Entroncamento;

Podendo não parecer, este plano é arriscado: só há um comboio Entroncamento – Badajoz e o transporte da bicicleta está dependente da autorização do revisor (informação oficial da CP – Comboios de Portugal). Se por ventura o revisor não estiver “bem disposto”, passamos a Páscoa a comer amêndoas no sofá.

Deixámos a ideia assentar e na véspera da partida fizemos não só as malas, mas uma espécie de plano tendo em conta o tempo disponível para completar o percurso e a escassez de alojamento:

  • 30/Março: Badajoz – Alcraviça (66 Km)
    A viagem Entroncamento – Badajoz demora cerca de 3h, chegando ao destino pelas 13h06 hora de Portugal (14h06 em Espanha), restando assim sensivelmente 4 horas para completar este trajeto.
  • 31/Março: Alcraviça – Coruche (159Km)
  • 01/Abril: Coruche : Montijo (108Km)

Sendo viajar em bicicleta um exercício de liberdade, é possível que nada deste plano se cumpra.

Siga!